sexta-feira, 15 de abril de 2011

Jacob Diefenthäler (*1782 em Hebram ou Hebrem, junto a Alzey +1841 na Costa da Serra)

Segundo Carlos Henrique Hunsche, em O ano de 1826, da Imigração Alemã no Estado do rio Grande do Sul, registra: Jacob Diefenthaeler, número 325/333. Família chagada a São Leopoldo em 27 de fevereiro de 1826, sendo seus integrantes passageiros da sucama "Nova Sociedade" e do transtlântico "Kranich". Era lenhador em Hessen, em Darmstadt (Hillebrand) e vendeiro na Costa da Serra, nascido no ano de 1792 (ou 1782) Rehborn perto de Alzey, em Hessen, filho de Theodor Diefenth6aler e Agnesia Roder, falecido no primeiro dia de 1841 e sepultado em Campo Bom, casou-se com a viúva de Felipe Leopoldo Diefentaeler, seu irmão, Elisabeta Dieehl, nascida no ano de 1787, em Biebelnheim, filha provável de Paulo Diehl, que chegou com a mesma leva. pais de sete filhos imigrantes. Segundo registro evangélico da Comunidade de São Leopoldo, registra em seus livro 2, em sua página 48, e registro de número 19, registra-se no dia três de maio de 1841, o sepultamento de Jacob Dierfenthaeler, faleceu em 1841, a primeiro de maio de 1841, às 11 3/4 horas da noite, Jacob Diefenthaeler, de Hebram ou Hebrem, junto a Alzey, no Grao-Ducado de Hessen-Darmstadt, 59 anos de idade, evangélico, agricultor e comerciante residente na Costa da Serra, filho legítimo de Theodor Diefenthaeler e Agnesia, nascida Roder, e marido de Elisabeth nascida Diel, há aproximadamente 25 anos, pai de 6 filhos. Foi sepultado pública e solenemente no Cemitério de Campo Bom em 3 de maio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário